PROJETO PARA OBTENÇÃO DE FCO

FCO – Fundo Constitucional do Centro-Oeste

Elaboração de projeto para obtenção de crédito do FCO – Fundo Constitucional do Centro-Oeste. Menores taxas de juros, prazos mais longos e bônus de adimplência são alguns dos aspectos mais atrativos desse fundo.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DO PROJETO PARA OBTENÇÃO DE FCO

Vantagem Econsult

Facilitar a captação de recursos do FCO

Vantagem Econsult

Credibilidade frente instituições financeiras

Vantagem Econsult

Abertura e expansão de empresas

O que é FCO 

O Fundo de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) é um fundo de crédito que objetiva promover o desenvolvimento econômico e social no Centro-Oeste. As menores taxas de juros, os prazos mais longos e os bônus de adimplência são alguns dos aspectos desse fundo que o fazem preferível quando comparado a outros tipos de financiamento, principalmente para empreendedores que estão a pouco tempo no mercado.

Dúvidas Frequentes

1 - Como funciona o FCO?

O FCO é o Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste, contando com encargos financeiros e prazos mais adequados em relação às outras operações de crédito disponíveis no mercado. Tal fundo é utilizado para financiar empreendimentos do Centro-Oeste (novos ou existentes) nos mais diversos setores.

Para obtenção do financiamento, é necessário o contato com uma instituição financeira habilitada para a execução de tal operação, sendo essas o Banco do Brasil (BB) e o Banco Regional de Brasília (BRB). Além de ser necessária a existência de conta corrente ativa junto a uma das instituições acima, é também requerida a apresentação de um documento que apresente informações cadastrais e financeiras acerca da empresa.

A partir da entrega dos documentos necessários, tem-se um prazo de 60 a 90 dias para análise e aprovação do crédito.

2 - Como conseguir FCO pelo Banco do Brasil?

Para a obtenção do financiamento junto ao Banco do Brasil, é necessária existência de uma conta corrente ativa na instituição, bem como a passagem por um processo de análise cadastral e aprovação de crédito, as quais contemplam aspectos documentais da empresa e também um relatório financeiro acerca dessa.

3 - Quais os requisitos para conseguir a liberação do FCO?

Para conseguir a liberação do FCO, é necessária, primeiramente a existência de uma conta corrente ativa junto a uma instituição financeira habilitada para a operação (BB e BRB). Por se tratar de um fundo regional, faz-se necessário, também, que a empresa solicitante (existente ou em implantação) seja localizada no Centro-Oeste.

Ademais, tem-se a necessidade de apresentação de garantias à instituição financeira responsável pela operação. Tais garantias devem equivaler a 130% do valor do financiamento, sendo possível, também, a utilização de fundos de aval que possibilitam a cobertura de uma parcela das garantias necessárias para o financiamento.

Outro ponto de relevância associado à operação é a necessidade de produção de um documento com dados cadastrais e financeiros relativos ao empreendimento, de modo a comprovar a viabilidade desse perante a instituição financeira.

4 - Qual a diferença entre FCO Rural e FCO Empresarial?

Enquanto o FCO Empresarial destina-se a empresas dos setores industrial, de turismo, de infraestrutura econômica e de comércio e serviços, o FCO Rural é voltado para o desenvolvimento agropecuário e agroindustrial, tendo como seus beneficiários cooperativas de produção agrícola, produtores rurais, associações e pessoas físicas ou jurídicas.

É válido ressaltar que ambas as segmentações do fundo são direcionados ao Centro-Oeste.

5 - Quais são as tarifas?

As taxas vinculadas ao FCO podem variar de 5% a 10% anual, dependendo do porte e do segmento (rural ou empresarial). A seguir encontram-se dispostas as taxas associadas ao Banco do Brasil:

FCO Rural (classificação quanto ao porte):
Mini (até R$ 150 mil): 5,00% a.a.
Pequeno (de R$ 150 mil a R$ 300 mil): 6,75% a.a.
Médio (de R$ 300 mil a R$ 1,9 milhão): 7,25% a.a.
Grande (acima de R$ 1,9 milhão): 8,50% a.a.

FCO Empresarial (classificação quanto porte):
Mini (até R$ 150 mil): 6,75% a.a.
Pequeno (de R$ 150 mil a R$ 300 mil): 8,25% a.a.
Médio (de R$ 300 mil a R$ 1,9 milhão): 9,50% a.a.
Grande (acima de R$ 1,9 milhão): 10,00% a.a.

É válido ressaltar que as taxas em questão representam apenas estimativas, e podem contar com determinadas oscilações em seu cálculo. Para verificação dos valores atualizados exatos das taxas, é indicado o contato com o gerente da instituição financeira de interesse de realização do financiamento (BB ou BRB).

Outro ponto relevante é que o fundo conta com um bônus de adimplência de 15% sobre o valor dos pagamentos. Assim sendo, quando as parcelas são pagas em dia, tem-se uma redução nas taxas associadas de acordo com a taxa correspondente.

SEM COMPLICAÇÃO

Impulsione hoje mesmo o seu negócio

Serviços Consultoria Econômica

Elaboração da Proposta

Serviços Consultoria Econômica

Apresentação da Proposta

Serviços Consultoria Econômica

Assinatura do Contrato

Serviços Consultoria Econômica

Desenvolvimento e Entrega

Valorize o seu
Tempo e Dinheiro
Com o Diagnóstico Virtual você não precisa sair de casa ou do trabalho para conversar com um especialista. O atendimento é 100% digital, sem custo e no dia e horário que você desejar.

Preencha o Formulário